Bragança-Pará - "Terra de Verde e de Sol"

A secular cidade de Bragança está localizada às margens do Rio Caeté, tendo ao norte o oceano atlântico. O município é cortado por rios, mangues e igarapés, que lhe dão um charme todo especial. Foi transformada em município no seculo XVIII, e ainda hoje preserva suas igrejas e casarões antigos. Seu povo simples, educado e trabalhador vive basicamente da indústria pesqueira e da agricultura.
Com um cenário natural privilegiado, Bragança é, sem dúvida, uma das mais belas cidades do Pará. Um convite para conhecer um pedaço da história e das belezas paraenses.

"Get the Flash Player" "to see this gallery."

Uma das mais importantes cidades do estado e sede de um dos bispados mais antigos do Pará, a Diocese de Bragança que congrega vinte e dois municípios, será sempre agradecida aos religiosos barnabitas (1930-1996), que muito contribuíram para o desenvolvimento da cidade e região. Liderados pelo bondoso e sorridente Bispo Dom Eliseu Maria Corolli, idealizador e executor de obras relevantes, dentre as quais: o Hospital Santo Antonio Maria Zacaria; a Rádio Educadora de Bragança; o Instituto Santa Teresinha e suas irmãs missionárias que ao longo de 70 anos vêm ajudando na formação do povo bragantino.
História, cultura e religião, fazem de Bragança o centro das festividades culturais da zona do salgado, católicos por tradição, os bragantinos realizam suas festas com muita alegria e entusiasmo: a festa de São Sebastião, em janeiro, boi bumbá, passáros e quadrilhas, no mês de junho, o Círio de Nazaré, em novembro. Porém a mais forte expressão cultural de Bragança está na festa de São Benedito: introduzida pelos escravos em 1798, é realizada de 18 a 26 de dezembro, tem romaria fluvial, cavalhada, arraial, shows, a grande e emocionante procissão e a marujada, folclore típico do lugar formado por mulheres que com seus belos trajes dançam o retumbão, xote, chorado e mazurca.

Cidade hospitaleira também é procurada pelos turístas por suas belezas naturais, o município possui uma das mais belas praias do atlântico paraense: a Praia de Ajuruteua, e a Vila dos Pescadores, lugares paradisíacos que ainda guardam ares primitivos.